Posts

Criminalidade e a governança de grandes metrópoles na América Latina

Este artigo analisa as formas de governança criminal em duas metrópoles, Cidade do México e São Paulo. Leia mais

Padrões e modos de vida: mobilidade social nas periferias de São Paulo

Com base em uma pesquisa multimétodos em dois distritos da periferia de São Paulo, este artigo analisa o processo de mobilidade social observado no Brasil na primeira década e meia deste século. Leia mais

O governo da segurança

Recentemente, a segurança pública em São Paulo tem sido impactada por discursos associados à noção de “smart city”. Leia mais

Urbanização e gestão de riscos hidrológicos

Este artigo discute os riscos hidrológicos do município de São Paulo como uma construção histórica e social resultante de um planejamento da urbanização que desconsiderou as dinâmicas hidrológicas, não previu espaço para as populações vulneráveis, privilegiou a mobilidade, a expansão e a valorização fundiária. Leia mais

Comparando estruturas e processos orçamentários

Este artigo compara a estrutura orçamentária da cidade de São Paulo e Paris entre 2008 e 2018 e seus processos, colaborando para a compreensão das decisões orçamentárias e para literatura sobre orçamento público, que é mais focada nos níveis nacional e federal. Leia mais

MOBILIDADE PENDULAR E INTEGRAÇÃO REGIONAL: UMA METODOLOGIA DE ANÁLISE

Não é raro, na literatura acadêmica, haver controvérsias sobre os limites e a configuração das regiões metropolitanas no Brasil. Afora a falta de critérios na definição desses recortes regionais, parece relevante considerar o significado e a abrangência da mobilidade pendular na dinâmica populacional regional. Leia mais

A REDE DOS GESTORES LOCAIS EM SÃO PAULO

Este artigo investiga um tema quase completamente inexplorado da formação de governo e da construção de burocracias e capacidades em âmbito local no Brasil: a existência de uma rede de decisores e burocratas de alto nível que se deslocam entre posições de comando de diferentes agências no governo de uma grande cidade. Redes desse tipo costuram agências, áreas de política pública e administrações e são responsáveis por uma parte substancial das práticas e processos informais que constroem governança por detrás dos procedimentos administrativos formais. Leia mais

PERSPECTIVAS COMPARATIVAS ENTRE O COMÉRCIO VAREJISTA DE DROGAS EM SÃO PAULO E NO RIO DE JANEIRO

Neste artigo será esboçada uma comparação do mercado varejista de drogas em favelas e bairros de periferias das cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. As reflexões aqui apresentadas baseiam-se no trabalho de campo etnográfico realizado nas duas cidades, bem como na revisão de estudos sobre o tema. Ancorado em pesquisas empíricas, explora a mecânica das relações entre os mercados do “crime” e as forças da ordem, envolvida na gestão da vida e morte da população pobre. Leia mais