Posts

Políticas públicas como estratégia de superação da fome

32 milhões de brasileiros sofriam com a fome na década de 1990.Para dirimir este problema a implantação de políticas públicas de fomento à agricultura familiar no País foi uma das ações mais eficazes. Leia mais

Negacionismo e as disputas em torno das políticas de saúde durante a pandemia

Políticas de controle da pandemia de Covid-19 têm sido alvo de disputas no Brasil, com autoridades divergindo sobre formas de tratamento e os efeitos das estratégias de distanciamento social. Leia mais

EDUCAÇÃO DURANTE E DEPOIS DA PANDEMIA

A Educação durante o período da pandemia da Covid-19 frequentemente recebeu tratamento improvisado e irrealista, por isso cumpre desde já planejar o período pós-pandêmico.

Leia mais

DESIGUALDADES DIGITAIS, PANDEMIA E OS DESAFIOS DE UMA ESCOLA PÚBLICA

O artigo discute alguns dos impactos na educação durante a pandemia de COVID-19 no Brasil em 2020, focalizando a questão do acesso às atividades online por estudantes do ensino básico.

Leia mais

DESGLOBALIZAR A COVID-19: A PANDEMIA A PARTIR DE UMA PERSPECTIVA DESCENTRALIZADA

Após quase um ano desde que a Organização Mundial da Saúde declarou a Covid-19 como pandemia, este artigo propõe um olhar retrospectivo que procura refletir sua ampla diversidade.

Leia mais

O IMPACTO DA PANDEMIA NA ATUAÇÃO DA BUROCRACIA DE NÍVEL DE RUA

O enfrentamento da pandemia de Covid-19 exige que o Estado tome decisões difíceis que perpassam a ação da burocracia que implementa políticas públicas na interação com a população, a burocracia de nível de rua (BNR).

Leia mais

CEPAL Y OPS INSTAN A CONSTRUIR ESTADOS DE BIENESTAR

En un nuevo informe conjunto, la Comisión Económica para América Latina y el Caribe (CEPAL) y la Organización Panamericana de la Salud (OPS) instan a los gobiernos de la región a acelerar los procesos de vacunación, transformar los sistemas de salud, fortalecer la inversión pública y consolidar Estados de bienestar, entre otras medidas, para controlar la crisis sanitaria en el corto plazo y avanzar hacia una recuperación transformadora con igualdad y sostenibilidad ambiental, en línea con los Objetivos de Desarrollo Sostenible (ODS).

Leia mais

COMORBIDADES SOCIAIS E COVID-19: A DESIGUALDADE COMO DESAFIO DA GESTÃO PÚBLICA EM TEMPOS DE CRISES

Esta pesquisa debruça-se sobre dados municipais relativos à disseminação e às consequências da pandemia no Brasil (com foco em casos confirmados e mortes por 100 mil habitantes) – de 25 de fevereiro a 31 de julho de 2020 -, com o objetivo de: compreender sua complexa e dinâmica interação com indicadores e variáveis de desigualdade e de vulnerabilidade; construir evidências que possam subsidiar a tomada de decisão pública, o desenho de políticas e de estratégias de ação situadas e o desenvolvimento de novas investigações.

Leia mais

DIREITO URBANÍSTICO E POLÍTICA URBANA EM TEMPOS DE PANDEMIA

Desde o começo de 2020, as gravíssimas implicações da pandemia em curso, as previsões de futuras pandemias ainda mais perigosas e os efeitos evidentes dos processos cada vez mais extremos de mudanças climáticas e aquecimento global já indicaram que, sem uma mudança estrutural de paradigmas e comportamentos, a própria sobrevivência da espécie humana no Planeta ficará ameaçada.

Leia mais

POLÍTICA INDUSTRIAL PARA A SAÚDE

A crise gerada pela pandemia mostrou que ter capacidade doméstica na produção de vacinas e medicamentos faz diferença em termos de segurança sanitária.

Leia mais