Posts

INVESTIMENTO EM INOVAÇÃO E DIGITALIZAÇÃO

Segundo a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL), apenas 26,6% dos trabalhadores com emprego formal na região podem trabalhar sem sair de casa. Leia mais

PESQUISA DO IBGE DE 2017 REVELA RETROCESSOS EM INOVAÇÃO NO BRASIL

Países que não investem suficientemente em Ciência, Tecnologia & Inovação (C,T&I) apresentam problemas de crescimento e acabam dependentes de países ricos, dificultando seu pleno processo de desenvolvimento. Leia mais

INOVAÇÃO NOS SERVIÇOS PÚBLICOS: CONDIÇÕES DA IMPLEMENTAÇÃO DO GOVERNO ELETRÔNICO

Este artigo visa investigar as condições para a implementação do processo de modernização de uma economia através da inovação dos serviços públicos tendo como instrumento relevante o governo eletrônico, comparando empiricamente a situação de avanço de países de níveis diferenciados de desenvolvimento. Leia mais

TENDÊNCIAS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA APÓS A HEGEMONIA DA NEW PUBLIC MANAGEMENT

O objetivo do artigo é avançar na compreensão do funcionamento da administração pública após décadas de reformas sob a égide da Nova Gestão Pública (ou New Public Management – NPM). Com base em uma ampla revisão da literatura, o documento descreve as tendências em termos de princípios e diretrizes e indica que o pós-NPM é um processo de continuidade e não uma interrupção do paradigma anterior. Leia mais

SUÍÇA É O PAÍS MAIS INOVADOR DO MUNDO E BRASIL DESCE DUAS POSIÇÕES

A Suíça é o país mais inovador do mundo, de acordo com a edição de 2019 do Índice Global de Inovação, IGI. A seguir estão Suécia, Estados Unidos da América, Holanda e Reino Unido, revela o estudo realizado pela Organização Mundial da Propriedade Intelectual, OMPI. Leia mais

TRENDS IN PUBLIC ADMINISTRATION AFTER HEGEMONY OF THE NEW PUBLIC MANAGEMENT

O objetivo do artigo é avançar na compreensão do quadro de gestão pública após décadas de reforma administrativa sob a hegemonia da Nova Gestão Pública (NMP, New Public Management). Com base em uma ampla revisão de literatura, o artigo mapeia tendências em termos de princípios e diretrizes e indica que o pós-NGP é um processo de continuidade, e não uma ruptura com o paradigma anterior Leia mais

UMA ANÁLISE DA DESCENTRALIZAÇÃO PROPOSTA COM AS SUBPREFEITURAS NAS CIDADES DE SÃO PAULO E RIO DE JANEIRO

O artigo discute se inovações institucionais em estruturas governamentais podem alimentar e serem apoiadas por práticas políticas tradicionalmente existentes. Empiricamente analisa-se a descentralização, por meio da implantação das Subprefeituras nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo. Leia mais

MODELOS DE NEGÓCIO NA ESFERA PÚBLICA

O objetivo deste estudo é apresentar uma ontologia de governança pública, baseada em robusta literatura em modelos de negócios e em um conceito de governança pública estruturado, a fim de melhorar a compreensão, comunicação, inovação e mensuração nas iniciativas públicas. Leia mais

INOVAÇÕES NO GOVERNO FEDERAL DURANTE A ERA PÓS NOVA GESTÃO PÚBLICA

O principal objetivo do artigo é analisar se as inovações no governo federal seguem as tendências internacionais da administração pública, especialmente, na Era pós Nova Gestão Pública (NGP). O artigo, como uma pesquisa exploratória descritiva, investiga quais são as tendências, em termos de princípios e diretrizes de gestão mais presentes, evolução no tempo e relacionamento entre elas e as áreas temáticas de inovação. Leia mais

BRASIL: O DESENVOLVIMENTO INTERDITADO

O reconhecimento da importância da atividade de pesquisa e desenvolvimento (P&D) e da inovação para o desenvolvimento é um dos raros consensos em economia. Embora haja discordância a respeito dos fatores que determinam o nível de P&D em cada país, há evidências robustas a respeito do impacto positivo da intensidade de pesquisa (P&D em relação ao PIB) sobre o crescimento da produtividade. Leia mais