Posts

OPEN GOVERNMENT PARTNERSHIP NA CIDADE DE SÃO PAULO E O PROGRAMA SÃO PAULO ABERTA

O Brasil tem sido um importante locus de implementação de práticas participativas após sua democratização. Em 2011, ao lado de outros sete governos fundadores, o Brasil endossou a Open Government Partnership (OGP) e anunciou os planos para promover maior transparência nas práticas governamentais.

Leia mais

GOVERNANÇA ORIENTADA POR DIRETRIZES DE GOVERNO ABERTO

O artigo analisa em que medida a introdução de princípios de governo aberto, ao promover mudanças na governança das políticas públicas, favorece a geração de valor público em programas governamentais. Leia mais

LA FABRICACIÓN DISOCIADA DE LA ADMINISTRACIÓN PÚBLICA DEL SIGLO XXI

O objetivo deste texto é responder à questão de como dar origem a um sistema administrativo público que integre a exigência de legitimidade e eficácia do governo em condições de recursos insuficientes e em um ambiente de mudança. Leia mais

GOBIERNO ABIERTO: UNA CONCEPCIÓN ÉTICA PARA LA EDUCACIÓN DEMOCRÁTICA

A noção de governo aberto é estabelecida em democracias representativas desde os anos 70 do século XX. No entanto, um maior acesso à informação de natureza pública e política pela sociedade civil tem sido aplicado de forma assimétrica, com muita ênfase no arcabouço legal, mas pouco no arcabouço moral. Leia mais

CONFIANÇA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA NA AMÉRICA LATINA

Este trabalho apresenta um esforço exploratório e descritivo em torno da Administração Pública. Os objetivos são: a) contrastar as crenças que cidadãos e administradores têm sobre a referida instituição, b) verificar diferenças e semelhanças entre os países da região, c) identificar eixos de reforma para promover a criação de confiança. A análise revela que: a) não há diferenças apreciáveis entre funcionários e cidadãos, b) há relativa homogeneidade entre países, c) políticas governamentais abertas podem ser uma excelente oportunidade para renovar a confiança. Leia mais

UNA PROPUESTA DE EVALUACIÓN PARA LOS GOBIERNOS LOCALES DE LA E-PARTICIPACIÓN

Este trabalho tem como objetivo demonstrar que é possível aplicar um critério universal e quantificável para a avaliação de iniciativas de participação cidadã com base nas informações disponíveis em portais municipais. Leia mais