Posts

GOVERNANCE NA SAÚDE: OS DESAFIOS DA OPERACIONALIZAÇÃO

A massificação dos conceitos em geral torna-os, muitas vezes, difíceis de precisar. O conceito de governança tornou-se transversal a várias áreas, sendo orientado de acordo com a área em que é aplicado. Autores referem que a governança surge como um “chapéu” sob o qual se encaixam muitos temas, motivo pelo qual surgiram diversos conceitos, com influência das áreas em que eram aplicados. Leia mais

GOBERNANZA METROPOLITANA EN MÉXICO: INSTITUCIONES E INSTRUMENTOS

A metropolização é uma tendência global resultante de um processo de ajuste de escala dentro da estrutura da globalização. A fragmentação inerente à metrópole sempre coloca problemas para a coordenação intergovernamental. Leia mais

TENDÊNCIAS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA APÓS A HEGEMONIA DA NEW PUBLIC MANAGEMENT

O objetivo do artigo é avançar na compreensão do funcionamento da administração pública após décadas de reformas sob a égide da Nova Gestão Pública (ou New Public Management – NPM). Com base em uma ampla revisão da literatura, o documento descreve as tendências em termos de princípios e diretrizes e indica que o pós-NPM é um processo de continuidade e não uma interrupção do paradigma anterior. Leia mais

QUEM GOVERNA NA GOVERNANÇA (LOCAL)?

O objetivo deste artigo — de natureza teórica — é discutir os possíveis atores que podem definir políticas públicas, bem como a influência que novas arenas decisórias exercem em relação à política. O artigo resgata a evolução de diferentes modelos de formulação de políticas públicas, até as transformações que vêm acontecendo com a adoção do modelo de governança. Leia mais

INTELIGENCIA ARTIFICIAL, ROBÓTICA Y MODELOS DE ADMINISTRACIÓN PÚBLICA

O objetivo deste trabalho é analisar os riscos e oportunidades da introdução da inteligência artificial e robótica na administração pública. É essencial que as instituições públicas adotem uma estratégia proativa, isto é, aproveitem a revolução tecnológica para renovar sua capacidade técnica, mas principalmente para resolver a maioria de seus problemas conceituais e organizacionais. Leia mais

TRENDS IN PUBLIC ADMINISTRATION AFTER HEGEMONY OF THE NEW PUBLIC MANAGEMENT

O objetivo do artigo é avançar na compreensão do quadro de gestão pública após décadas de reforma administrativa sob a hegemonia da Nova Gestão Pública (NMP, New Public Management). Com base em uma ampla revisão de literatura, o artigo mapeia tendências em termos de princípios e diretrizes e indica que o pós-NGP é um processo de continuidade, e não uma ruptura com o paradigma anterior Leia mais

ACOMPANHANDO AS REGIÕES METROPOLITANAS: AVANÇOS NA PESQUISA GOVERNANÇA METROPOLITANA NO BRASIL

No Brasil contemporâneo, tanto ou mais que o fenômeno da urbanização, a metropolização vem se configurando como uma tendência de organização do espaço, seja enquanto fenômeno socioespacial, seja como fenômeno político-institucional, o que se reflete no aumento da importância das metrópoles brasileiras e no aumento do número de regiões metropolitanas (RMs). Leia mais

GOBERNANZA METROPOLITANA EN MÉXICO: INSTITUCIONES E INSTRUMENTOS

La metropolización es una tendencia mundial resultado de un proceso de ajuste de escala en el marco de la globalización. La fragmentación inherente a las metrópolis plantea siempre problemas para la coordinación intergubernamental. En este trabajo se analizan las estructuras institucionales existentes en el nivel macro en México y a partir de ellas el tipo de relaciones intergubernamentales y la capacidad para coordinar políticas y compartir recursos para la planeación y la gestión metropolitanas. Leia mais

GESTÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS NO PODER LOCAL

O artigo compara os conselhos de políticas públicas em cidades brasileiras de médio e pequeno porte. O objetivo é identificar características do desenho institucional e o possível impacto da escala (porte do município) na dinâmica de funcionamento das referidas instituições. Leia mais

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL, ROBÓTICA E MODELOS DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

O objetivo deste trabalho é analisar os riscos e oportunidades da introdução da inteligência artificial e robótica na administração pública. É imperativo que as instituições públicas adotem uma estratégia pró-ativa, ou seja, para aproveitar a revolução tecnológica não só para renovar a sua capacidade técnica, mas principalmente para resolver a maioria dos seus problemas conceituais e organizacionais. Leia mais