Posts

Entenda por que a democracia é boa para a economia

A discussão ressurge periodicamente: regimes autoritários são positivos para a economia de um país? Em 1999, em artigo no conceituado Journal of Democracy, o Nobel de Economia Amartya Kumar Sen apontou a ascensão da democracia no mundo como o acontecimento mais importante do século 20. Leia mais

Economistas de presidenciáveis divergem sobre atuação do estado na economia

Economistas ligados a campanhas presidenciais defenderam a retomada de investimentos públicos no país, mas divergiram sobre prioridades e a amplitude do papel que o Estado deveria exercer na economia. Leia mais

Economistas de presidenciáveis divergem sobre atuação do estado na economia

Economistas ligados a campanhas presidenciais defenderam a retomada de investimentos públicos no país, mas divergiram sobre prioridades e a amplitude do papel que o Estado deveria exercer na economia. Leia mais

A CONTINUIDADE DOS (DES)CAMINHOS DA ECONOMIA BRASILEIRA EM 2022

Em fins de maio e início de junho de 2021, os analistas do Banco Central e os economistas do mercado financeiro fizeram prognósticos otimistas para o segundo semestre de 2021.

Leia mais

OS INDICADORES QUE AJUDAM A PREVER O QUE VAI ACONTECER NA ECONOMIA

Os indicadores antecipados da economia fornecem pistas sobre o futuro. Eles são vitais porque permitem que os governos, as empresas e até as famílias prevejam o que vai acontecer e ajam de acordo com as previsões.

Leia o artigo de Cristina J. Orgaz em https://www.bbc.com/portuguese/internacional-59483950

AS DESIGUALDADES NO RITMO DA FINANCEIRIZAÇÃO

A financeirização que hoje invade todas as esferas da economia não é um fenômeno uniforme e monolítico.

Leia mais

ANÁLISE DE EQUIDADE DA DISTRIBUIÇÃO DE RECURSOS DO PROGRAMA FARMÁCIA POPULAR

O artigo tem como objetivo analisar a alocação regional dos recursos do Programa Farmácia Popular do Brasil, levando em conta a disponibilidade relativa do programa e as necessidades potenciais da região.

Leia mais

QUEDA HISTÓRICA DOS PIBS DE EUA E UNIÃO EUROPÉIA

O tamanho do impacto econômico inicial causado pela pandemia do coronavírus começa pouco a pouco a emergir, e os números não são alentadores. A economia dos Estados Unidos, a maior do mundo, encolheu a uma taxa anualizada de 32,9% entre abril e junho, a maior contração desde a Grande Depressão, na década de 1930. Leia mais

CEPAL: CONTRACCIÓN DE LA ACTIVIDAD ECONÓMICA SE PROFUNDIZA A CAUSA DE LA PANDEMIA

La actividad económica en el mundo está cayendo más de lo previsto hace unos meses como consecuencia de la crisis derivada de la enfermedad por coronavirus (COVID-19) y, con ello, aumentan los impactos externos negativos sobre América Latina y el Caribe a través del canal comercial, de términos de intercambio, de turismo y de remesas. Leia mais

PRIORITIES FOR THE COVID-19 ECONOMY

With hopes of a sharp rebound from the pandemic-induced recession quickly fading, policymakers should pause and take stock of what it will take to achieve a sustained recovery. The most urgent policy priorities have been obvious since the beginning, but they will require hard choices and a show of political will. Leia mais