ESTADO E DESENVOLVIMENTO NA AMÉRICA LATINA

Este trabalho foi escrito em atendimento a uma solicitação da CEPAL, com o objetivo de sugerir – de forma sintética – algumas premissas para um novo programa de pesquisa sobre o tema do estado e do desenvolvimento na América Latina. Leia mais

DESENVOLVIMENTO, PLANEJAMENTO E COMBATE ÀS DESIGUALDADES NO BRASIL

Independentemente de como a literatura descreva as complexas relações entre a desigualdade e o crescimento econômico, o principal efeito adverso da desigualdade pertence às esferas social, política e, em última instância, ética. Leia mais

GOVERNANÇA REGULATÓRIA E DESENVOLVIMENTO

O desenvolvimento econômico pode ser interpretado de distintas maneiras, a depender da corrente teórica e da opção programática adotadas. Em ambos os casos, tanto no plano teórico, que serve de suporte à construção de agendas políticas, quanto no nível do desdobramento operacional dessas agendas, a delimitação do escopo da atuação do Estado aparece como elemento central. Leia mais

A REESTRUTURAÇÃO PRODUTIVA À LUZ DA TEORIA DA CEPAL

Ao longo dos 70 anos de existência da CEPAL o pensamento que inspira seus principais trabalhos esteve guiado pelo método histórico estrutural e a perspectiva do sistema centro-periferia, a qual salienta que as possibilidades de desenvolvimento da região “periférica” estariam condicionadas pelos movimentos da economia mundial. Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS BASEADAS EM EVIDÊNCIAS (PPBES)

Este trabalho tem por objetivo fazer uma análise conceitual do que se pode entender por evidências na abordagem das políticas públicas baseadas em evidências (PPBEs). Assume-se que o conceito de evidência é irremediavelmente vago, impreciso e multidimensional, o que não significa sua impossibilidade de elucidação, tampouco sua inutilidade para a análise das políticas públicas. Leia mais

CONSTRUÇÃO DE UM MODELO DE ANÁLISE DE REDES DE POLÍTICAS PÚBLICAS

Este artigo propõe um modelo útil para a análise de redes de políticas públicas brasileiras. Tal modelo inova ao incorporar à análise de redes os aspectos do federalismo e do presidencialismo de coalizão, por considerá-los aspectos cruciais das relações de poder no Brasil. Leia mais

VANTAGENS E DESVANTAGENS DO TELETRABALHO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Este estudo investigou as vantagens e desvantagens do teletrabalho na administração pública na percepção de teletrabalhadores e gestores do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) e da Receita Federal. Leia mais

AS ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS PODEM SER DEMOCRÁTICAS?

Este artigo defende uma abordagem conceitual para as OIs como poliarquias globais. O texto é estruturado da seguinte maneira. A primeira seção é dedicada a construir uma ponte entre o conceito de poliarquia de Dahl e sua aplicação às instituições de governança global. Leia mais

ESTUDOS ORGANIZACIONAIS NA AMÉRICA LATINA

O objetivo deste artigo é realizar um exercício de retrospecção autocrítica sobre o que são os Estudos Organizacionais (EO) no contexto latino-americano. Seu desenvolvimento e incidência na região vem crescendo e se consolidou -embora não em todos os países no mesmo nível e profundidade- como um campo de conhecimento crítico para o estudo das organizações. Leia mais

A CHRONICLE OF A LOST DECADE FORETOLD

Many on the left still cling to the hope that the COVID-19 crisis will translate into the use of state power on behalf of the powerless. But those in authority have never hesitated to harness government intervention to the preservation of oligarchy, and a pandemic alone won’t change that. Leia mais