Laboratório de inovação na Atenção Primária à Saúde.

O objetivo do estudo foi apresentar e problematizar as ações de inovação para a qualificação da Atenção Primária à Saúde (APS), evidenciando experiência que pode ser adaptada e implementada em diversos contextos, considerando as diferentes realidades sociodemográficas, econômicas, culturais e epidemiológicas. Trata-se de um estudo exploratório realizado a partir de fontes documentais sobre a implementação do Laboratório de Inovação na Atenção Primária à Saúde (INOVAAPS) no município de Campo Grande-MS, que propõe a reorientação do modelo assistencial, com ressignificação dos processos de trabalho na APS, qualificando as práticas. Foram identificadas ações inovadoras organizacionais, processuais e de produto que são potentes para a transformação e readequação de práticas do fazer em saúde. Concluiu-se que as propostas já executadas estão pautadas na expansão, consolidação e ampliação de acesso à APS, à provisão e formação profissionais adequadas, à alocação de tecnologias resolutivas, ao aprimoramento da regulação e à efetivação do papel mediador da APS.

Leia o artigo de Dinaci Vieira Marques Ranzi e outros em https://www.scielo.br/j/csc/a/P3JwTpRjSxYPsSHsqvcXWZw/?format=pdf&lang=pt

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.