EFEITOS RENDIMENTO ESCOLAR, INFRAESTRUTURA E PRÁTICA DOCENTE NA QUALIDADE DO ENSINO MÉDIO

O artigo identifica e discute fatores escolares que mais influenciam a qualidade do ensino médio no Brasil: rendimento escolar, infraestrutura ou prática docente.

Foram utilizados os dados do Censo Escolar e do Exame Nacional do Ensino Médio. A técnica de mineração de dados levantou características-chave para o bom desempenho escolar. Um modelo de regressão logística identificou os fatores escolares que mais influenciam o desempenho escolar dos alunos da rede pública de ensino médio regular no Brasil. Investigaram-se, também, os diferenciais de desempenho escolar de alunos do ensino médio segundo o tipo de escola e tipo de ensino, bem como os diferenciais interestaduais, considerando o sistema público de ensino médio regular. Os resultados apontam que alunos de escolas estaduais estão em desvantagem e que os de escolas privadas e federais possuem desempenho semelhante, quando considerado apenas o tipo de escola. Ao se levar em conta também o tipo de ensino, os alunos do ensino regular das escolas federais apresentam o melhor desempenho, cerca de 1,3 vez maior do que o dos alunos das escolas estaduais. Não há grandes disparidades interestaduais, embora os resultados apontem diferenciação regional. Dentre os fatores escolares, a qualificação docente se mostrou o fator mais impactante no desempenho escolar.

Leia o artigo de Ricardo Alexandrino Garcia em https://www.scielo.br/j/rbepop/a/9fjNLP3gPFHzBqpFC75m7Qk/?format=pdf&lang=pt

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.