PRIORIZAÇÃO DE PROJETOS DE INFRAESTRUTURA EM MOBILIDADE URBANA

Este artigo tem como objetivo propor uma metodologia alternativa de análise, avaliação e priorização de projetos de mobilidade urbana capaz de auxiliar a tomada de decisão de investimento, considerando variáveis financeiras, econômicas e espaciais.

A ausência de critérios claros para selecionar propostas de projetos corrobora as críticas ao processo de seleção e priorização de projetos de mobilidade urbana do Ministério das Cidades. Metodologias recentes de investimentos e análises de projeto nivelam questões intrinsecamente econômicas difíceis de ser convertidas em benefícios financeiros para efetuar a avaliação financeira. A metodologia utilizada é o escalonamento multidimensional, como ferramenta de avaliação multivariada para analisar e priorizar projetos usando as variáveis econômicas e espaciais do planejamento urbano e os modelos financeiros de cada projeto. As variáveis econômicas resultam de análises econômicas disponíveis nos projetos, bem como dos modelos de financiamento dos projetos. As variáveis espaciais obtidas da lógica social da teoria espacial ou sintaxe espacial permitem avaliar a capacidade de integração das cidades antes da implantação dos projetos e após o desenvolvimento deles, possibilitando identificar melhoria nas condições de mobilidade urbana. O uso do escalonamento multidimensional com a aplicação de variáveis financeiras, econômicas e espaciais se provou eficaz para promover a tomada de decisão, seja pela indicação do melhor projeto ou pela identificação da proximidade e/ou distância até o atingimento dos objetivos de uma determinada política pública.

Leia o artigo de Adriano C. Paranaiba e Eliezé B. Carvalho em https://www.scielo.br/j/ram/a/vNmC4vnH49GLTrTZJWpFtwQ/?format=pdf&lang=pt

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.