MODELOS DE GESTÃO DOS PLANOS PLURIANUAIS

Os planos plurianuais (PPAs), enquanto planos estratégicos governamentais, representaram avanço na organização da ação estatal no nível federal, tanto pelo aspecto democrático de sua construção quanto pela articulação dessa ação com componentes orçamentários e financeiros ainda que com limitações.

Contudo, sua função na qualidade de instrumento de gestão da ação governamental para o alcance de resultados merece um exame mais detalhado. Este artigo tem por objetivo descrever e discutir os modelos de gestão da implementação dos PPAs, desde 2000, a partir dos arranjos de atores institucionais envolvidos, explorando limites e possibilidades ao longo de suas edições. A metodologia aplicada envolve análise qualitativa via pesquisa documental, de modo a examinar, em perspectiva comparada, as mudanças nos modelos de gestão adotados e suas implicações sobre a gestão da ação governamental.

Leia o artigo de Sheila Cristina Tolentino Barbosa em https://www.ipea.gov.br/portal/images/stories/PDFs/boletim_analise_politico/210322_bapi_27_artigo_03.pdf

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.