GRUPOS ECONÔMICOS E ACUMULAÇÃO URBANA NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

As estratégias de acumulação e de poder dos grupos econômicos são centrais para o debate sobre a economia política urbana contemporânea.

Sua influência na produção desigual do espaço urbano e na sociedade em geral tem sido cada vez mais proeminente. A partir do referencial analítico das teorias não convencionais sobre grupos econômicos, este artigo discute as potencialidades desse tipo de abordagem. O objetivo é analisar as estratégias de acumulação de dois grupos fundamentais na produção do espaço urbano carioca: Odebrecht S.A. e Carvalho Hosken. São examinadas a centralidade na configuração e na apropriação territorial, bem como as particularidades na estruturação organizacional e na atuação desses dois grupos.

Leia o artigo de Lucas Faulhaber e Hipólita Siqueira https://www.scielo.br/j/rbeur/a/s5xqkKFWHbBcqFNhq94wDdD/abstract/?lang=pt

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.