OS 60 ANOS DE LITTLE ROCK E O MUNDO COMUM EM HANNAH ARENDT

O objetivo deste artigo foi narrar, após 60 anos, o caso de dessegregação racial educacional acontecido na capital do Arkansas, Little Rock, nos Estados Unidos da América, em 4 de setembro de 1957.

Para iluminar o contexto social e político das discussões sobre o polêmico caso, retomamos o controverso ensaio de Hannah Arendt publicado em 1959, intitulado Reflexões sobre Little Rock. Contamos a luta dos movimentos sociais norte-americanos ligados à questão negra até o caso Little Rock. Apresentamos variadas relações entre o caso Little Rock e algumas categorias do pensamento arendtiano como mundo comum e ação. Evidenciamos que duas mulheres foram escolhidas para narrar Little Rock: Elizabeth Eckford e Hannah Arendt.

Leia o artigo de Danilo Arnaldo Briskievicz em https://www.scielo.br/pdf/es/v40/1678-4626-es-40-e0179909.pdf

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.