A GOVERNANÇA MULTINÍVEL NO ENFRENTAMENTO DA PANDEMIA

O artigo objetiva investigar a liderança pública das ações, relações privadas e intergovernamentais da China no enfrentamento da pandemia de COVID-19, identificando setores e níveis envolvidos, bem como os papéis desempenhados.

O argumento central é o de que o controle bem-sucedido da pandemia depende da liderança eficaz e integrada das relações intergovernamentais e privadas nos diversos níveis. O enquadramento conceitual, teórico e analítico é dado pela teoria da governança multinível. Através do método de estudo de caso, as ações de enfrentamento adotadas na China foram mapeadas a partir dos relatórios emitidos pelo governo chinês, pela Organização Mundial da Saúde e informações da mídia. As ações foram categorizadas através da técnica de análise de conteúdo. Resultados quantitativos e qualitativos são apresentados e mostram os papéis dos atores, bem como a relevância da governança multinível diante da rápida e complexa resposta exigida pela emergência da pandemia. Na última seção são apresentadas as conclusões e oportunidades para desenvolvimentos futuros. A relevância da pesquisa também reside na escassez de estudos sobre a aplicação da governança multinível em regimes não democráticos, especialmente durante pandemias.

Leia o artigo de Niedja de Andrade e Silva Forte dos Santos em http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/rap/article/view/83147/79003

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.