OS MOTORES DA DEGRADAÇÃO AMBIENTAL NA AMÉRICA LATINA

Este trabalho propõe uma abordagem sobre as causas da deterioração ambiental que integra a análise nos diferentes níveis de organização econômica, com especial atenção ao nível das políticas macroeconômicas e setoriais. Aplicando esta abordagem em uma primeira aproximação, examina-se o processo de reprimarização das economias latino-americanas. São analisados o papel desempenhado pelo comportamento estratégico das empresas, a integração dos setores primários nos circuitos financeiros globais, as políticas setoriais de desenvolvimento e as prioridades do modelo de política económica sobre o ritmo e a extensão da deterioração ambiental. Em seguida examina-se a natureza cumulativa e inercial do estilo de desenvolvimento atual na região e as implicações relevantes dessa dinâmica para o desenho de estratégias de transição no nível setorial. Por fim, identifica-se um conjunto de princípios básicos para reorientar a política macroeconômica para uma postura ativa e de acordo com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Leia o artigo de Alejandro Nadal e Francisco Aguayo em https://repositorio.cepal.org/bitstream/handle/11362/45766/1/S2000443_es.pdf

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *