RESPOSTAS, INCERTEZAS E DESENCONTROS NO COMBATE À PANDEMIA DA COVID-19 NO BRASIL

Os autores descrevem a organização, no âmbito do Sistema Único de Saúde, do arcabouço para resposta a situações de emergência em saúde pública, especificamente a preparação para a entrada da pandemia causada por Sars-CoV-2 no Brasil. São discutidas as contradições da ação do Estado em meio à grave crise político-institucional. A resistência ao conhecimento científico num ambiente de conflito político e crescimento do autoritarismo é representada na disputa de narrativas que sustentam propostas antagônicas para enfrentar a crise. Informações falsas (fake-news) alimentam a cisão e confundem-se com a própria decisão do Governo Federal de dificultar o acesso a informações. A negação da gravidade da situação e a inexistência de um plano nacional de ação são mais exuberantes no momento em que o país se torna um dos epicentros da pandemia de Covid-19.

Leia o artigo de Cláudio Maierovitch Pessanha Henriques e Wagner Vasconcelos em https://www.scielo.br/pdf/ea/v34n99/1806-9592-ea-34-99-25.pdf

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *