IPEA DIVULGA PROPOSTAS PARA IMPULSIONAR O DESENVOLVIMENTO BRASILEIRO APÓS A PANDEMIA

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) publicou o documento Brasil Pós Covid-19. Elaborado por pesquisadores de todas as áreas de atuação da instituição, o trabalho apresenta uma série de propostas de curto a longo prazo para acelerar o desenvolvimento sustentável no país após a pandemia. As sugestões estão divididas em quatro pilares: atividade produtiva e reconstrução das cadeias de produção, inserção internacional, investimento em infraestrutura, além de proteção econômica e social de populações vulneráveis. O compromisso com o equilíbrio fiscal é apresentado como a chave para o sucesso na retomada do desenvolvimento econômico do país diante do atual cenário mundial. Para acelerar o crescimento, o Ipea recomenda que, além das reformas fiscais, seja posto em prática um amplo conjunto de reformas microeconômicas pró-investimentos e uma reforma tributária que ajudaria a melhorar a eficiência da economia. Entre as medidas propostas estão a concessão de empréstimo favorecido para micro e pequenas empresas (MPEs), de modo a se garantir a preservação do tecido produtivo, e a implementação de programas de subsídio temporário à contratação de trabalhadores, além da renovação de programas de redução da jornada. Outras recomendações tratam da utilização das compras públicas para fomentar as atividades de MPEs e da criação de uma estratégia integrada para promover o emprego e a educação dos jovens vulneráveis. O documento aponta também para a necessidade de reformas do sistema legal de recuperação de empresas brasileiras para enfrentamento da crise sistêmica de Covid-19, além de imediato apoio financeiro aos esforços internacionais de desenvolvimento de vacinas para o novo coronavírus.

Leia o documento do IPEA em https://www.ipea.gov.br/portal/images/stories/PDFs/relatorio_institucional/200724_ri_o%20brasil_pos_covid_19.pdf

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *