DO “MANIFESTO LATINO-AMERICANO” DE RAUL PREBISCH AOS DIAS DE HOJE

O artigo é uma condensação de diferentes textos em que seu autor introduz coletâneas sobre o pensamento cepalino, que ele vem organizando desde 1998. Apresenta os elementos metodológicos e analíticos centrais à construção teórica estruturalista latino-americana, presentes tanto no período estruturalista (1949-1990), quanto no neo-estruturalista (desde 1990). Em seguida, sintetiza brevemente a evolução do pensamento estruturalista ao longo das sete décadas de sua existência.

Leia o artigo de Ricardo Bieslchowsky em https://www.scielo.br/pdf/rec/v24n1/1980-5527-rec-24-01-e202411.pdf

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *