INDÚSTRIA 4.0 E AS REDES GLOBAIS DE PRODUÇÃO E INOVAÇÃO

Este artigo apresenta um esforço analítico voltado ao desenho de políticas industriais e tecnológicas nacionais para a promoção de tecnologias associadas à emergência da Indústria 4.0. Para tal, inicialmente admite-se a hipótese que, tal qual se observa nas atividades manufatureiras globais, a hierarquização e a formação de redes de produção e inovação também tende a se reproduzir, com algumas variações, nas atividades de serviços intensivos em tecnologia que compõem o núcleo duro da indústria 4.0. A partir desta hipótese apresenta-se a proposição de uma tipologia de diferentes configurações das redes produtivas globalizadas voltadas a essas atividades. A partir desta tipologia, o artigo concebe um marco analítico para embasar a elaboração de uma estratégia nacional voltada à indústria 4.0 centrada no fomento às tecnologias de informação e comunicação.

Leia o artigo de Antônio Carlos Diegues e José Eduardo Roselino em http://www.eco.unicamp.br/images/arquivos/artigos/3744/TD356.pdf

Palavras-Chave: Indústria 4.0, Política Industrial e Tecnológica, Redes Produtivas Globais

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *