ESTRATIFICAÇÃO SOCIAL DA RIQUEZA E RENDA NO BRASIL

Neste Texto para Discussão, o objetivo é provocar um debate sobre a estratificação social da riqueza no Brasil. Pelo próprio conceito de estoque de riqueza – saldo no caso financeiro –, é imprescindível essa discussão integrar a questão da desigualdade na distribuição dos fluxos de rendas, seja do trabalho, isto é, dos salários, seja do capital: juros, alugueis e lucros. Nesse sentido, o conceito de casta será útil para uma análise distinta daquela de “luta de classes”, colocando o foco na dinâmica do “jogo de alianças entre castas” como construtor da longa história da civilização.

Leia o artigo de Fernando Nogueira da Costa em http://www.eco.unicamp.br/images/arquivos/artigos/3465/TD270.pdf

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *