AUSTERIDADE, A GRANDE CEIFADORA

Estudo conduzido durante dez anos pelo epidemiologista britânico Michael Marmot demonstra: as políticas de contração orçamentária colocadas em prática, no Reino Unido, a partir da crise de 2008 ampliaram o fosso que separa ricos e pobres em termos de expectativa de vida. Entre os efeitos perniciosos da diminuição de compromissos sociais por parte do Estado, é difícil dizer quais têm maior impacto nas desigualdades de saúde, porque todos estão correlacionados.

Leia o artigo de Michael Marmot em https://diplomatique.org.br/austeridade-a-grande-ceifadora/

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *