JOSEPH STIGLITZ: ‘SURPRESA É QUE MAL-ESTAR NA AMÉRICA LATINA TENHA DEMORADO TANTO PARA SE MANIFESTAR’

Joseph Stiglitz é um economista tão pouco ortodoxo que defende a ideia de que não se deve superestimar a importância do Produto Interno Bruto (PIB), um indicador que guia a tantos de seus colegas de profissão, para avaliar quão bem ou mal vai um país. Na sua opinião, há outros dados que podem ajudar a entender melhor a performance econômica de uma nação. Stiglitz foi economista-chefe do Banco Mundial e consultor do ex-presidente americano Bill Clinton. Hoje, aos 76 anos, é um dos principais economistas críticos da gestão da globalização e do mercado livre. Em entrevista exclusiva, ele diz receber com naturalidade os protestos que eclodiram nos últimos meses em vários países da América Latina, como Equador, Colômbia e especialmente no Chile, que muitos viam como um modelo econômico regional.

Leia o artigo de Gerardo Lissardy em https://www.bbc.com/portuguese/internacional-51275044

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *