GOBIERNO ABIERTO: UNA CONCEPCIÓN ÉTICA PARA LA EDUCACIÓN DEMOCRÁTICA

A noção de governo aberto é estabelecida em democracias representativas desde os anos 70 do século XX. No entanto, um maior acesso à informação de natureza pública e política pela sociedade civil tem sido aplicado de forma assimétrica, com muita ênfase no arcabouço legal, mas pouco no arcabouço moral. O objetivo deste estudo é analisar a concepção de governo aberto e seus principais problemas do ponto de vista da filosofia política. Entre eles, algumas contradições nas leis de transparência no cenário espanhol e europeu serão destacadas; o tipo de informação que é transmitida; e a concepção de sociedade civil que promova uma maior cultura de transparência em sentido ético.

Leia o artigo de Daniel Pallarés Domínguez em http://old.clad.org/portal/publicaciones-del-clad/revista-clad-reforma-democracia/articulos/073-febrero-2019/Pallares.pdf

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *