PERFIL E DINÂMICA DAS DESIGUALDADES REGIONAIS DO BRASIL

O estudo objetiva um esforço de retomada do uso do conceito de aglomerações industriais relevantes (AIRs) buscando recuperar seu potencial explicativo, bem como assinalar suas limitações para a compreensão da dinâmica atual das transformações industriais no país. A AIR corresponde a uma microrregião do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) caracterizada por conter mais de 10 mil empregos industriais no ano em relevo. Utilizada inicialmente na década de 1990, com aportes analíticos diversos no período subsequente, a AIR se prestou para iluminar o debate sobre o curso das disparidades inter-regionais no país. Passadas duas décadas e reconhecendo-se a perda de relevância relativa das atividades industriais no conjunto da economia brasileira, o conceito é retomado visando à compreensão da dinâmica industrial no território, no período 1995-2015.

Leia o estudo de Aristides Monteiro Neto e outros em http://www.ipea.gov.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=35092&Itemid=444

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.