TERRITÓRIO E DESIGUALDADES DE RENDA EM REGIÕES METROPOLITANAS DO BRASIL

O objetivo deste artigo é contribuir com o debate acerca das desigualdades de renda do trabalho nas regiões metropolitanas brasileiras, incorporando nos seus determinantes explicativos a localização residencial dos indivíduos na metrópole. Constata-se que a localização residencial dos indivíduos na metrópole tem efeito na explicação das desigualdades de renda e pode ser avaliada pela dupla escala da divisão social do território, segundo os modelos núcleo-periferia e favela-não favela. A análise dessa dupla escala demonstrou-se importante para gerar elementos empíricos que permitissem construir hipóteses sobre os mecanismos que explicam as diferenças entre os indivíduos na obtenção de renda do trabalho, a partir das contribuições analíticas do campo disciplinar da sociologia urbana, em especial, referente às contribuições dos estudos sobre efeitos de vizinhança.

Leia o artigo de Marcelo Gomes Ribeiro em http://www.scielo.br/pdf/dados/v58n4/0011-5258-dados-58-4-0913.pdf

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *