RAZÃO E ADMINISTRAÇÃO: REVISITANDO ALGUNS ELEMENTOS FUNDAMENTAIS

As ações e os processos administrativos parecem estar em um período pós-racional, no qual a racionalidade se tornou uma palavra mal compreendida, sendo a ação racional comumente associada ao cientificismo e à tecnocracia. Esse estereótipo pode ter um fundo de verdade, mas é, sobretudo, baseado em um mal-entendido fundamental. Assim, o objetivo deste ensaio teórico é revisitar o conceito de razão, base de toda ciência social, a partir da argumentação de que ela é una e indivisível, reconhecendo a ação administrativa como racional, em seu sentido singular, com as múltiplas faculdades que a compõem.

Leia o artigo de Laís Silveira Santos e outros em http://www.scielo.br/pdf/cebape/v17n1/1679-3951-cebape-17-01-37.pdf

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *