EMPREENDEDORISMO, POLÍTICA E “PACIFICAÇÃO” NO RIO DE JANEIRO

A intervenção federal na área da segurança pública no estado do Rio de Janeiro, iniciada em fevereiro de 2018, e o anúncio da extinção de parte do Programa de Polícia Pacificadora levantaram a questão sobre o que muda e o que permanece no cenário das favelas cariocas após dez anos de “pacificação”. Este artigo procura responder a tal indagação, jogando luz sobre uma dimensão desse processo: a produção de uma nova sociabilidade nesses territórios, onde o empreendedorismo se apresentou como elemento fundamental. A partir de etnografia realizada em favelas com UPP e do acompanhamento de projetos públicos e privados executados à época, analisa-se o impacto dessa produção sobre o tecido associativo dessas localidades.

Leia o artigo de Lia de Mattos Rocha e Monique Batista de Carvalho em http://www.scielo.br/pdf/cm/v20n43/2236-9996-cm-20-43-0905.pdf

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *